Sobre o sindicato



CERTIDÃO DE REGISTRO INTEGRAL

 

Certifico e dou fé, a pedido da parte interessada, que revendo os livros e demais papéis deste Oficio de Registro das Pessoas Jurídicas, neles encontrei, protocolado sob n.° 611 as lis. 7v0 do livro Ai averbado no Registro sob n.° 043 do livro A-1 de Registro de Pessoas Jurídicas as fis. 98v0 a 100v0 em 23/02/1989, a seguir impresso no seu inteiro teor.

 

Ata de Assembléia da Associação dos Trabalhadores da Saúde do Estado de Rondônia ATS-RO, realizada na cidade de Presidente Médici, no salão paroquial da Igreja São João Batista no dia 05/10/88 (cinco de outubro de mil novecentos e oitenta e oito) às 16:00 dezesseis horas, foi composta a mesa que dirigiu a assembléia com as seguintes pessoas: João do Carmo Maia de Medeiros- (Presidente) Maria Cristina Jorge da Silva, Waldeth de Oliveira Furtado, secretaria, Paulo Manoel Vieira, auxiliar, Lucia Rejane Gomes da Silva, auxiliar, foi informado a data de fundação 18/03/88 (dezoito de março de mil novecentos e oitenta e oito) eleições e apurações no dia 11/04/88 (onze de abril de mil novecentos e oitenta e oito) registro no dia 12/07/88 (doze de julho de mil novecentos e oitenta e oito) sob n.° 043 no Registro de Pessoas Jurídicas nas fls. 98v°/lOlv°, com seu CGC(cadastro geral do contribuinte) n.° 22822464/0001-16, após estas informações foi lido o edital de convocação da assembléia com as seguintes pautas:

Transformação da Associação em Sindicato aprovação do Estatuto e eleger a coordenação. O edital foi afixado na sede, nos locais de trabalho, núcleo, enviado telex a todos os municípios e publicado no jornal Alto Madeira conforme estabelecido no Estatuto, compareceram na assembléia 118 (cento e dezoito) trabalhadores, com representação de Vilhena, Presidente Médici, nuares Estrela de Rondônia e Novo Riachuelo, Jaru, Porto Velho, com a participação dos trabalhadores Federais, Estaduais, Municipais, fundação SESP, Sucam, Pronave, LBA e Promoção Social, foi proposta que a plenária da Associação dos Trabalhadores da Saúde do Estado de Rondônia, passasse a Sindicato dos Trabalhadores da Saúde de Rondônia- STS-RO, foi aprovado por unanimidade, depois foi lido o Estatuto e aprovado ponto por ponto tomando com base o Estatuto da Associação referida porem com a seguintes modificações: onde se lia associação, associado, sócio, se lê sindicato, sindicalizado e trabalhador da saúde, respectivamente incluindo em todos os capítulos, artigos, parágrafos, letras e itens, no artigo 3° letra G: foi acrescentado Opção, no artigo 7° foi substituído a palavra pré-sindical por sindical, a partir do capitulo IV, artigo 130 onde se lê sindicalizado. E em qualquer parte do Estatuto onde se lia conselho fiscal e coordenadoria foi substituído por Coordenação do Conselho Fiscal e respectivamente, no capitulo 50 artigo 16° foi acrescentado a letra C Representação da Federação. No artigo 190 foi substituído membros por coordenadores. No artigo 22° inciso II foi substituída a palavra secreta por aberto e acrescentado após a palavra Geral, de acordo com o artigo 14°. No artigo 23° foi retirado o termo ou não após a palavra juízo no inciso IV deste artigo, foi substituído duas (2) por três (3) no artigo 25° letra B idem, no artigo 29° foi acrescido a palavra por após pessoas e com até 500 (quinhentos) trabalhadores após trabalho; no artigo 30° foi acrescentado por local de trabalho e categoia, após apalavra núcleo. No artigo 31° substituir a palavra artigo por estatuto no artigo 33° foi substituído o termo por qualquer pela palavra pelo e acrescentado, após a palavra suplência e de acordo com o artigo 26°, no artigo 34° foi acrescentado a palavra mesmo após a palavra coordenação e acrescentado o termo, em caráter excepcional excluindo a palavra resignatário, foi substituído a palavra governativo por administrativo, assim também no artigo 35° no artigo 370 a contribuição sindical será de 1% (um por cento) sobre o valor líquido de sua remuneração. No artigo 400 foi incluído o termo escrutínio secreto aptos a palavra Geral. No artigo 42° foi acrescentado na letra A após a palavra núcleo, a partir da 2° (segunda) eleição e excluindo a letra F do mesmo artigo. No artigo 440 foi acrescentado o parágrafo início do artigo 47° excluindo a palavra zonal. O artigo 48° foi modificado na íntegra ficando o seguinte texto: O estatuto poderá ser modificado e plebiscito, precedido de ampla divulgação e discussão de proposta do mesmo e finalmente a ultima modificação no artigo 49° onde se lia 10 (dez) se lê 30(trinta) minutos. No final da assembléia foi substituído o parágrafo único do artigo 19° segundo proposta do representante da cidade de Jarú foi aprovado o seguinte texto: balancetes mensais, orçamentos, inventários, balaço anual da coordenação, registrando quaisquer irregularidades que observar na gestão financeira, indicando medidas cabíveis a Assembléia Geral . Em seguida a mesma colocou em discussão do ultimo ponto da pauta formação de chapas para coordenação e eleição. Foi apresentado uma única Chapa com os seguintes componentes: Coordenação, Sebastião Roberto Pinto, João do Carmo Maia de Medeiros, Waldeth de Oliveira Furtado, Joel Rocha dos Santos, Maria Cristina Jorge da Silva, Diva Duarte A Martins, Lucia Regane Gomes da Silva , Marilene Meneleu Marques e Paulo Manoel Vieira: Suplentes: Maria do Socorro Bandeira, José Rodrigues da Silva, Conceição de Souza e Claudio G Coutinho. Coordenação Fiscal: Rita de Casia Wrobes, José Irani Carlos de Lima e Maria Dirce. Suplentes: Neuda Maria Cavalcante da Silva, Ivaninr Ribeiro Alves e Sueli Aparecida Fabri. Delegados: Devair Claudio Felicio e Helena Araújo, Suplentes: Dalva Duarte de Freitas e Esmeraldina de Jesus Pereira, esta chapa foi colocada em votação, todos os votos favoráveis com apenas uma abstenção. O referido é verdade, dou fé, vai assinado por mim secretária e coordenadora e por quem mais interessar. Era o que constava no documento apresentado, aqui bem e fielmente digitalizado de seu próprio original. Nada mais. Esta é a cópia fiel do referido documento, guardado ei arquivo do qual extrai a presente certidão.
 
O REFERIDO É VERDADE E DOU FÉ.
 
Presidente Médice-RO, 13 de março de 2007
 
Rosalina de Jesus Arruda
Tabeliã